sexta-feira, junho 30, 2006

Happiness Factory

Este é um dos mais recentes trabalhos da agência Wieden+Kennedy de Amsterdam para a Coca-Cola. O comercial intitulado "Happiness Factory", que tem uma produção e animação irretocável, nos leva ao “maravilhoso” mundo que se encontra dentro de uma máquina automática da Coca-Cola. Perceba e desfrute cada pequeno detalhe do comercial dirigido por Todd Muller e Kylie Matulick. O comercial em alta qalidade também pode ser baixado aqui.
-

Billions

Este é o mais recente comercial criado pela agência BBH de Londres, e produzido pela badalada MJZ, para a marca de desodorante Lynx, o nome que AXE é comercializado na Inglaterra. Seguindo fielmente a linha de comunicação da marca, o filme intitulado “Billions”, tem início com duas mulheres de biquíni correndo em uma selva. De repente, bilhões de mulheres estão correndo, outras nadando, em direção a uma ilha. E porque elas estão fazendo isso? Sendo um comercial da AXE/Lynx dá até para imaginar. No final entra a tagline “Spray More. Get More. The Lynx Effect”. O comercial foi gravado em 4 locais da cidade de Los Angeles, utilizando inúmeras atrizes. A trilha sonora é “Dies Irae” de Karl Jenquins.
-
Lynx Billions pode ser visto abaixo ou download: The Lynx Effect (5.15 mb SWF) e Metacafe (2.83 mb WMV). A mini versão do comercial está disponível em the Lynx website.
-

Overtake Faster

Absolutamente fantástica esta campanha criada pela agência DDB de Düsseldorf para o VW Golf, modelo R 32. Com o objetivo de comunicar o novo motor, mais potente que o anterior, os anúncios mostram que com a velocidade do VW Golf R 32, qualquer coisa que você ultrapasse se torne pequena, especialmente caminhões e ônibus. O texto diz “Overtake Faster. The Golf R 32 with 250 horsepower”. A campanha, que conquistou Gold Lion na categoria Press no Festival de Cannes deste ano, me agradou não somente pela idéia criativa, mas também pela bela direção de arte.





quinta-feira, junho 29, 2006

Go Before It's Too Late

Esta ação de Marketing de Guerrilha foi criada e executada pela agência Saatchi & Saatchi da Dinamarca para a Kilroy Travels, uma agência de viagem especializada em destinos exóticos e pouco comuns. Um dos pacotes oferecidos pela agência é para a Antarctica, que como todos sabem, está derretendo rapidamente em conseqüência do aquecimento global. Para incentivar possíveis passageiros a visitar a Antarctica, blocos de gelo, imitando icebergs, foram espalhados pelas ruas da capital dinamarquesa com um cartaz escrito "Antarctica", uma breve explicação e a frase “Antartica, go before it’s too late” (Vá antes que seja tarde). Com o passar das horas os blocos iam derretendo. Um anglo publicitariamente interessante para vender “Destinos Exóticos”.
-

Strong Gum

A tradicional agência Leo Burnett de Chicago encontrou uma maneira diferente e criativa para veicular utilizando a mídia revista. A peça abaixo foi criada para a marca Altoids, conhecida por suas famosas pastilhas. Para o lançamento do chiclete de Cinnamon, conhecido por seu forte e acentuado sabor, os criativos resolveram mostrar na prátca o quanto este chiclete era forte. O famoso slogan "The Curiously Strong Gum" completava a grande idéia.

terça-feira, junho 27, 2006

Especial Cannes 2006

No último sábado foi encerrado o Festival de Cannes. Alguns destaques chamaram a minha atenção em relação a premiações. A francesa TBWA de Paris foi eleita pela quarta vez consecutiva a agência do ano. A Crispin Porter + Bogusky de Miami foi eleita agência interativa do ano. E a agência Nordpol de Hamburgo cada vez mais me encanta pela sua ousadia, versatilidade e non-sense. Na categoria Film não houve nenhuma surpresa. O Grand Prix foi para o comercial da Guinness “Noitulove” (que já foi postado neste blog) da britânica AMV BBDO.
-
Carlton Draught "BIG AD" (Gold Lion)
Outro destaque na categoria film foi este comercial criado pela agência australiana George Patterson Partners para a cerveja Carlton Draught. Antes mesmo de ser lançado na televisão, cerca de 500 mil pessoas já tinham visto o novo comercial pela internet, provando que a combinação explosiva de marketing viral e entretenimento são mais que eficientes. O filme da cerveja australiana, antes de tudo, é uma paródia dele mesmo.
-
-
Honda "Choir" (Gold Lion)
Outro destaque nesta categoria foi o aclamado comercial criado pela Wieden+Kennedy de Londres para o novo Honda Civic. Extremamente forte conceitualmente destacou-se pela total interatividade e utilização de diferentes formatos de mídia. O filme tem início com um locutor dizendo: "Assim é como um Honda se sente...", e segue com um coro simulando todos os ruídos do Honda Civic, desde a abertura do teto solar até simulação dos diferentes tipos de solo. O comercial podia ser visto em diferentes tipos de mídia como online, Microsite, iTunes, Download e Download Making Of.
-
-
Sony "Balls" (Gold Lion)
Outro comercial premiado foi criado pela agência Fallon de Londres para a TV Bravia LCD da Sony. O filme nos mostra uma maneira diferente de comunicar a principal característica do produto: A perfeita reprodução e qualidade de cores. O comercial foi gravado em uma rua da cidade de San Francisco onde 250.000 bolas coloridas brilhantes foram jogadas ladeira abaixo criando um efeito fantástico. O filme ainda conquistou o prêmio de Melhor Uso da Música. A produção foi da MJZ, com trilha arranjada pela Parv Third @ Wave e interpretada pelo sueco (de ascendência argentina) José Gonzales, que regravou um hit da banda sueca The Knife.
-
-
GAP "DUST" (Silver Lion)
Um dos filmes que mais me agradaram foi criado pela agência Crispin Porter + Bogusky de Miami para a rede de lojas GAP. Com o objetivo de comunicar aos consumidores que as lojas iriam ganhar “cara nova”, a agência encontrou um jeito absolutamente fantástico e surpreendente de passar essa mensagem. Na minha opinião merecia muito mais do que conquistou.
-
-
Renault "Crashtest" (Bronze Lion)
Esse comercial da Renault criado pela ousada agência Nordpol de Hamburgo, foi um dos premiados que mais me agradaram. E porque? Por utilizar uma combinação maravilhosa de non-sense com forte conceito implícito, que acabam por sustentar todo o comercial e posteriormente a campanha. O filme nos mostra um crash test feito de uma maneira diferente para comunicar que os automóveis franceses são mais seguros que os outros.
-
-
Outras duas peças me agradaram muito no Festival de Cannes. Além da criatividade, o que me chamou a atenção foi a utilização de mídias diferentes. Imagine a seguinte situação: Você está tranqüilamente em sua casa quando de repente alguém toca a campainha ou bate à porta. Knock. Knock. Knock. Quem é? Uma nova modalidade de mídia. A ação foi criada pela agência Saatchi & Saatchi do Peru para a rede de pizzarias Papa Johns e conquistou Ouro na categoria Direct. A mensagem é transmitida de uma forma original e clara. As vendas da rede de pizzaria no Peru aumentaram 80%.
-

-
A outra ação foi criada pela agência Leo Burnett de Johannesburg para o Exército da Salvação e premiada com Bronze na categoria Media. Cartazes que viravam cobertores foram espalhados pelas ruas da cidade trazendo o texto: "Se você está com frio ou conhece alguém que está, por favor, pegue esse cartaz". Original, criativa, ousada e eficiente para quem passa por esta situação desagradável.
-

segunda-feira, junho 26, 2006

Simplicidade Criativa

Quase sempre a simplicidade e a objetividade acompanham a criatividade. Estes dois anúncios me chamaram a atenção justamente por causa disto. O primeiro anúncio foi criado pela agência JWT de Paris para divulgar o esportivo Mazda RX-8 com motor ainda mais potente. A inteligência e simplicidade deste anúncio são marcantes.
-
-
Este segundo anúncio foi criado pela DDB do México para as pilhas Energizer. A forma simples e criativa de comunicar que as pilhas Energizer duram muito mais é extremamente sutil. Reparem que a embalagem das pilhas é antiga. Mais objetivo e “Clean” impossível. Ambas as peças foram premiadas, de forma merecida, no Festival de Cannes deste ano.
-

Cannes Titanium Lion

O único Leão na categoria Titanium, criada em 2003 e a mais desejada e disputada do Festival de Cannes, foi para um case japonês chamado “A Revolução do código de barras”. O trabalho, assinado por dois designers japoneses, tem como ponto de partida um livro que contém 500 exemplos de códigos de barras diferentes, com diversas formas e desenhos, além de folhetos que divulgavam a publicação. O impacto foi imediato, causando um grande furor na mídia. O projeto é ousado e inovador, utilizando a tal convergência das mídias que torna a comunicação eficiente.
-
-
Aproveitar o antiquado espaço do código de barras para transformá-lo em uma nova mídia, sem dúvida nenhuma, é uma idéia ousada e criativa. A Design Barcode atende hoje 15 clientes que apostaram na idéia revolucionária. O que mais surpreende é que o design superou a propaganda justamente no maior festival de publicidade do mundo. clique aqui para ver o site de Designbarcode.
-
-
Outros dois trabalhos concorreram na categoria Titanium. "Still Free", da agência Droga5 de New York, para a Ecko e "Monopoly", um case londrino cujo objetivo era comemorar os 70 anos do jogo, conhecido no Brasil como Banco Imobiliário. Na ação, parte da cidade de Londres foi transformada num grande tabuleiro e os famosos táxis da cidade assumiram o papel de peões. Pelo celular, os participantes podiam controlar as jogadas. Clique aqui para conferir o site do jogo Monopoly.

Coincidência?

O Brasil teve um desempenho muito abaixo do esperado no Festival de Cannes deste ano. Entre as poucas peças que conquistaram a estatueta felina, uma chamou muito a minha atenção. Não pela criatividade da peça, mas sim pela “coincidência”, dessas muitas que existem no mercado publicitário. A peça em questão (a primeira abaixo) foi criada pela agência Loducca para o Brilha Fácil e conquistou o Leão de Bronze na categoria Press. Porém, a agência mineira SMP&B havia criada a peça “Original” em 2004 para a Cera Ingleza e ganhadora de medalha no New York Festivals. Diante da falta de imaginação da publicidade brasileira em Cannes não me assusta uma “coincidência” como esta.

sexta-feira, junho 23, 2006

Cópia em Branco

Pelas minhas andanças na Internet encontrei duas campanhas de Marketing de Guerrilha absolutamente iguais para produtos diferentes. Cópia ou Cincidência? As duas campanhas foram criadas e executadas na Europa e para produtos de uma mesma empresa: a Procter & Gamble.
-
Os produtos em questão são o Mr. Clean, conhecido em alguns países como Mr. Proper, uma linha para limpeza doméstica; e a marca de higiene oral Blend-a-med Whitestrips. Ambos prometiam o “Branco Total”, um para os dentes e o outro para limpeza. A ação consistia em pintar uma única listra da faixa de pedestres na cor branca e estampar o logotipo da marca. A diferença entre as duas campanhas era apenas na execução. A campanha do Blend-a-med Whitestrips era composta de dois estágios. No primeiro uma listra da faixa de pedestre foi pintada de branco com o texto: “Sponsored by Blend-a-med Whitestrips”. Em um segundo estágio outras listras da faixa de pedestre foram sendo pintadas de branco. A campanha do Mr. Clean foi criada pela agência alemã Grey Worldwide de Düsseldorf e a do Blend-a-med Whistestrips pela Saatchi & Saatchi da Polônia. Uma pergunta que não quer calar: Será que a Procter & Gamble não notou tal semelhança nas campanhas de suas agências européias. Será?

-

* Update no CC Hall of Fame. Foram inseridos mais 4 vídeos.

Especial Cannes 2006

Trago mais uma rodada de campanhas e anúncios premiados no Festival de Cannes deste ano. Desta vez, as três campanhas abaixo conquistaram o Leão de Bronze na categoria Press.
-
Esta primeira campanha, na minha modesta opinião, é absolutamente fantástica, merecendo uma premiação maior. E porque mereceria? Por uma simples razão: C-O-N-C-E-I-T-O. Criada pela agência Y&R de Buenos Aires para o Actron, um analgésico pediátrico produzido pela germânica Bayer, a campanha é forte conceitualmente. Podemos ver nos anúncios crianças passando por situações adultas que dariam dor de cabeça em qualquer ser humano comum. O slogan “The Analgesic For Children’s Headache” (O analgésico para dor de cabeça infantil) mostra o claro posicionamento e propósito do medicamento em questão.
-



-
Este anúncio foi criado pela agência TBWA de Johannesburg para a marca Pedigree. A imagem mostra um cachorro, da raça Dálmata, com a pele completamente flácida. E o porque disto? O produto anunciado é o pedigree Weight Loss Diet, uma ração que faz o cachorro perder peso. Realmente os tempos mudaram, cachorro fazendo dieta é muito para cabeça de qualquer mortal.

A agência australiana Clemenger BBDO criou esta divertida e objetiva campanha para a marca de preservativos Legends. Polêmica para alguns, direta e conceitual para outros, a campanha mostra crianças gritando presas dentro de um preservativo. Particularmente eu achei a campanha muito boa. Afinal, para quem não quer ter filhos, crianças representam um problema.



quarta-feira, junho 21, 2006

Together Again

Um dos filmes que parece ter caído no gosto não somente do público, mas também do júri no Festival de Cannes, é resultado de uma das parcerias mais brilhantes e premidas da publicidade sul-americana: Del Campo Nazca Saatchi & Saatchi + Buenos Aires Zoo. Esta “Química perfeita” entre agência e anunciante rendem, praticamente todo ano, prêmios no Festival de Cannes para ambos. Inclusive já postei campanhas memoráveis desta parceria aqui (como a campanha They Arrived e Muy De Cerca).
-
Este filme é um refinado trabalho de animação, que prefiro chamar de obra de arte, criado pela Del Campo Nazca e produzido pela brasileira Lobo Filmes. O filme "Together" conta a história de amizade entre um urso polar e um macaco, que são separados quando ocorre uma rachadura na terra, remetendo a trama à época da formação dos continentes. O texto sugere que o espectador volte a encontrar os animais juntos no zoológico da cidade de Buenos Aires. Este filme está sendo cotado para conquistar ao menos um Leão de Ouro no Festival de Cannes.
--

A campanha ainda conta com peças para mídia impressa que seguem o mesmo conceito, porém sem o impacto do filme.


Especial Cannes 2006

Está sendo realizado no suntuoso Palais des Festival a 53.ª edição do Festival Internacional de Publicidade, em Cannes, na França. Muitos premiados já foram anunciados e a julgar pelos resultados, nunca uma edição do maior prêmio de publicidade do mundo decepcionou tanto. O nível esteve bem abaixo dos anos anteriores, com peças que conquistaram muito mais do que mereciam. Aos poucos vou trazendo as peças premiadas, que na minha opinião, realmente mereceram as famosas estatuetas do conhecido felino.
-
O Grand Prix na categoria Press foi conquistado pela agência FCB da África do Sul com a peça, intitulada “Periscope”, para a marca de brinquedos dinamarquesa Lego. A peça mostra uma base azul de encaixe das peças do famoso brinquedo representando o oceano, com apenas uma peça de Lego em forma de L, formando um periscópio. O título diz “Imagine”. E cada um que imagine o submarino que quiser. Na minha opinião não merecia ter conquistado o Grand Prix. Clique na imagem para ampliar.


A agência Master Comunicação da cidade de Curitiba foi a única brasileira a conquistar uma estatueta felina na categoria Lions Direct, que premia peças que não são veiculadas na mídia, como malas-diretas. Conquistou Prata com esta ação criada para a dedetizadora D.D.Drin. Aproximadamente cerca de 5 mil pequenas baratas de plástico, que continham o telefone da empresa, foram colocadas embaixo das portas de casas e apartamentos. A idéia central era mostrar a facilidade que o inseto tem para entrar em uma residência. A simplicidade da ação aliada ao baixo custo de produção e execução impressiona.

Umas das campanhas que mais me impressionou foi esta criada pela agência Saatchi & Saatchi da Malásia para a Anistia Internacional e que conquistou o Leão de Ouro na categoria Outdoor. Extremamente inteligentes e criativos, os anúncios em forma de selos incentivavam as pessoas a protestarem, através de cartas, ou seja, escrevendo para estes “Distintos Senhores”, que regem nações do planeta terra como o Presidente George Bush, os ditadores do Zimbabwe e Myanmar, além de uma alta autoridade do Irã. Clique na imagens para ampliar.




Outra campanha da Lego premiada, desta vez com um Leão de Bronze na categoria Outdoor, foi esta criada pela agência Saatchi & Saatchi de Cingapura. Estes cartazes colocados em Pontos de Vendas impressionam pela criatividade e simplicidade ligadas ao conceito comunicado no slogan “Build It”.

Enterrados Vivos

Campanhas que tenham como finalidade causas nobres sempre me chamaram a atenção. Não somente pela causa em si, mas principalmente pela linguagem direta, utilizando mensagens impactantes para tentar despertar em nós sentimentos diversos. E esta campanha, criada pela agência indiana Everest Brand Solutions de Mumbai, para a Cancer Patients Aid Association, certamente fará com que a pessoa atingida pela mensagem, quer seja fumante ou não, pare e pense um pouco no assunto. Posters foram colados no teto de áreas para fumantes em diversos estabelecimentos, causando a impressão de estarmos dentro de uma cova. A campanha conquistou o Leão de Bronze no Festival de Cannes 2006.
-

Table Soccer World Cup

Nos dias de hoje, nem só da Copa do Mundo de futebol vive nosso mísero planeta. A cidade de Hamburgo na Alemanha está sediando o primeiro campeonato mundial de pebolim, ou totó como é conhecido em outros lugares. Esta ação de Marketing de Guerrilha foi criada pela agência alemã Jung Von Matt para a marca de cerveja Carlsberg, patrocinadora oficial do Table Soccer World Cup. Flyers de papel foram colocados em corrimãos de escadas em toda cidade de Hamburgo, imitando as mesas de pebolim. Ação agressiva e muito criativa para divulgar uma competição esportiva, se é que podemos considerar isso um esporte, no mínimo inusitada.

Virusplay

Parece não ter limites o poder criativo dos publicitários. Quando achamos que já vimos de tudo em termos publicitários, estamos constantemente sendo surpreendidos. Este Display foi criado pela agência Serviceplan de Munique para promover o livro “Killer Virus” do excelente escritor Ken Follet. O texto dentro do Display diz: “Have you ever Leafed through a Killer-Virus?”.
-

Uma epidemia chamada Copa

Em tempos de Copa do Mundo qualquer oportunidade, por menor que seja, vira uma grande arma nas mãos de publicitários. Resolvi fazer um giro pelo mundo para conferir o que andam aprontando os cérebros criativos desse planeta, que parece ter virado o “Planeta Bola”. Uma explosão de insanidade parece ter tomado conta do mundo publicitário em tempos de Copa do Mundo. Mas fique tranqüilo, trarei apenas o que realmente é criativo e diferente.
-
Esta ação foi criada pela agência TBWA de Berlin para a germânica Adidas, uma das patrocinadoras oficiais da Copa do Mundo. Um enorme afresco, com aproximadamente 40 metros de comprimento, foi instalado no teto da estação de trem de Colônia, uma das sedes do mundial, para promover a Copa do Mundo. O afresco, que lembrava a famosa obra na cúpula da Capela Sistina pintada por Michelangelo, mostra dez jogadores exatamente como milhões de entusiastas futebolísticos os vêem, como verdadeiros Deuses. A obra de arte, que faz parte da campanha global Adidas 10+, foi feita pelo ilustrador Felix Reidenbach, que precisou de quase 40 dias para finalizá-la. Qualquer coincidência Bíblica é mera especulação. Os jogadores retratados no afresco são: Michael Ballack, David Beckham, Zinédine Zidane, Raúl, Kaka, Nakamura, Lukas Podolski, Lionel Messi, Juan Román Riquelme and Djibril Cissé.
-

-
O Guaraná é uma bebida originalmente tupiniquim. E o Guaraná Antarctica é um dos patrocinadores da nossa aclamada Seleção Brasileira de Futebol. Em tempos de Copa do Mundo, qualquer oportunidade vira publicidade. Esta ação foi criada pela agência DUDA Propaganda. Como o brasileiro é apaixonado por futebol e muitos deles utilizam o ônibus como forma de transporte, vários pontos da cidade de São Paulo foram tematizados, comunicando não somente o clima que a Copa do Mundo desperta como o apoio a nossa seleção “Canarinha”. Os pontos de ônibus foram literalmente transformados em gols. O texto “Brasil, coloca a bola na rede” e o slogan “Guaraná Antarctica e Seleção, ninguém faz igual” demonstram todo o apoio à nossa Seleção.
-
-
Esta última peça foi criada pela agência JWT de Porto Rico para a organização Anistia Internacional. O texto diz: “In this beautiful game, black and white have been always together. Stop racism” (Nesse belo jogo, o branco e o preto sempre estiveram juntos. Pare com o racismo). Absolutamente fantástico. O esporte tem este poder. E a publicidade também.

terça-feira, junho 20, 2006

Jontex Guerrilha

Trago aqui hoje duas ações de Marketing de Guerrilha desenvolvidas e executadas pela agência brasileira da McCann Erickson para a marca de preservativos Jontex da Johnson & Johnson. A primeira ação foi executada em banheiros masculinos de bares e consistia em adesivos que foram colados no chão. O objetivo desta ação, além de divulgar a marca, era incentivar o uso do preservativo, fazendo com que o público tenha sempre um em mãos, afinal de contas, “Você nunca sabe quando vai precisar”.


A segunda ação foi realizada nos intervalos de alguns jogos de futebol. O gol era totalmente coberto com uma enorme rede com o logotipo da Jontex. Esta ação teve um enorme impacto no público masculino, divulgando a principal característica do produto: a segurança.

Absolut Advergame

A Absolut Vodka ficou conhecida pelo contorno de sua famosa e única garrafa de pescoço curto, que virou um ícone para a marca. Baseado nisso foi criado um jogo (Advergame como nós publicitários gostamos de chamar) em seu site onde você precisa encontrar 82 garrafas, ou melhor, seu contorno, em apenas dois minutos. A campanha continha também uma peça de mídia impressa com o mesmo intuito.
-
-
As garrafas estão inseridas, ou escondidas como queiram, em uma paisagem da cidade de New York. Muitas delas estão retratadas de forma artística, característica da comunicação da marca. Clique aqui e divirta-se.

S-M-L

Existem anúncios que o poder de síntese é tão grande tamanha a criatividade, que ao olharmos nos perguntamos "Como não pensei nisso antes?". Este é um perfeito exemplo disso. Criado pela agência DM9/DDB para a Lycra, que como sabemos é um tecido com alto grau de elasticidade. Sem dizer uma única palavra, mas com um forte conceito implícito, comunica a principal característica do produto de uma forma mais que simplória.

segunda-feira, junho 19, 2006

Mudança de Hábito

Esta é mais uma campanha polêmica e com forte conceito implícito da marca de desodorante AXE. Criada pela agência Lowe da África do Sul, os anúncios mostram bonecas infláveis que transformaram-se em moradoras de rua, pois perderam suas principal função em consequência do uso, e como gosta de destacar a marca AXE, efeito, da utilização do desodorante. Esta campanha é um grande exemplo da polêmica utilizada em toda a comunicação da marca. Na minha visão, muito mais de um publicitário do que de um mero consumidor, não considero uma campanha machista como bradam muito grupos feministas, mas sim conceitualmente forte e direcionada a um público alvo, que exerce um papel "conquistador" na sociedade, cobrado também pelo sexo feminino.