segunda-feira, junho 26, 2006

Cannes Titanium Lion

O único Leão na categoria Titanium, criada em 2003 e a mais desejada e disputada do Festival de Cannes, foi para um case japonês chamado “A Revolução do código de barras”. O trabalho, assinado por dois designers japoneses, tem como ponto de partida um livro que contém 500 exemplos de códigos de barras diferentes, com diversas formas e desenhos, além de folhetos que divulgavam a publicação. O impacto foi imediato, causando um grande furor na mídia. O projeto é ousado e inovador, utilizando a tal convergência das mídias que torna a comunicação eficiente.
-
-
Aproveitar o antiquado espaço do código de barras para transformá-lo em uma nova mídia, sem dúvida nenhuma, é uma idéia ousada e criativa. A Design Barcode atende hoje 15 clientes que apostaram na idéia revolucionária. O que mais surpreende é que o design superou a propaganda justamente no maior festival de publicidade do mundo. clique aqui para ver o site de Designbarcode.
-
-
Outros dois trabalhos concorreram na categoria Titanium. "Still Free", da agência Droga5 de New York, para a Ecko e "Monopoly", um case londrino cujo objetivo era comemorar os 70 anos do jogo, conhecido no Brasil como Banco Imobiliário. Na ação, parte da cidade de Londres foi transformada num grande tabuleiro e os famosos táxis da cidade assumiram o papel de peões. Pelo celular, os participantes podiam controlar as jogadas. Clique aqui para conferir o site do jogo Monopoly.

Um comentário:

Maria Joana disse...

Oi Kadu!
Muito legal o seu blog...
Acabei de conhecê-lo e adicionei aos meus favoritos...
Parabéns!