quarta-feira, abril 04, 2007

The Economist / Scratch & Win

A tradicional revista The Economist, verdadeira “Bíblia” para administradores e economistas, tem uma das comunicações mais brilhantes do meio publicitário. Sua indefectível cor vermelha se tornou um ícone da marca. Isso mesmo, somente a cor vermelha identifica a The Economist em seu segmento e perante seus consumidores.
-
E um bom exemplo disso foi esta peça de mídia impressa criada pela agência Ogilvy & Mather de Cingapura. Uma simples página vermelha com um pequeno retângulo para ser raspado. Uma “raspadinha” publicitária. Ao ser raspado, adivinhe o que aparece: a palavra The Economist. Uma peça objetiva e muito pertinente à personalidade da marca.
-
-
Curiosidades: A tradicional e conceituada revista britânica foi fundada em 1843 na cidade de Londres pelo escocês James Wilson, um fabricante de chapéu da pequena cidade escocesa de Hawick. Era uma revista, na época também chamada de Journal, que abordava assuntos políticos, comerciais e agrícolas, com a proposta de estimular todo homem que tivesse dinheiro no país a investigar e aprender um pouco mais onde aplicá-lo.

Um comentário:

Ricardinho Barbosa disse...

Os criadores da peça tiraram a sorte grande em ter uma idéia boa como essa.