terça-feira, setembro 12, 2006

O Azul do Viagra

Esta campanha inusitada foi criada pela agência Euro RSCG da China para o medicamento Viagra, produzido pela Pfizer. Utilizando-se de humor e de um elemento visual característico do produto, no caso a cor azul, os anúncios nem ao menos mostram o produto, nem se quer o logotipo, apenas o endereço da Internet. Só tenho uma dúvida. Será que um assunto tão sério como impotência sexual, principalmente em um país como a tradicional China, poderia ser tratado com um humor tão descarado. Outro erro que consigo identificar é tratar da impotência como um distúrbio que só acontece com pessoas de certa idade, como a campanha deixa transparecer pelos seus personagens.



3 comentários:

Renato Veiga disse...

Pode crer, tá parecendo campanha pro Desencannes, fora as dúvidas já levantadas, se essas peças foram pensadas mesmo para o público chinês, os traços ñ estão um tanto europeu pra isso!? O melhor é a gravata do último anúncio...heheheh

adolfo® disse...

Vai lah vovô!!

João Carlos disse...

Quanto ao comentário anterior, a peça parece mesmo algo para o Desencannes, mas nada impede que a abordagem seja de fato bem humorada.

Não vejo os Chineses como um povo "sisudo", em recente reportagem da Veja pode-se perceber que são até um povo bem moderninho.

Com relação às peças estarem mostrando imagens de um idoso, acredito ser porque existe aquela subjetividade, onde somente o idoso possui problemas de ereção, acho adequado. Apesar de entender claramente que o público alvo pode ser outro. Inclusive na fonte onde obtive as peças (tambem publiquei no meu blog) o comentario era: Qual o Público Alvo ?